Padrões FCI e AKC


Embora esses dois padrões sejam coincidentes na maioria de suas assertivas relativas à estrutura e movimentação, no que tange à cor do Italian Greyhound há uma contraditória divergência praticamente intransponível entre eles e que acaba por dividir a raça ao meio.
 
Enquanto na Europa e nos países filiados à FCI os galguinhos têm necessariamente que ter coloração SÓLIDA, permitindo o padrão FCI marcações brancas apenas no peito e nos pés, o AKC aceita cães com manchas brancas por todo o corpo podendo inclusive chegar a um animal totalmente branco desde que bem pigmentado.
 
Essa questão tem sido motivo de debates e discussões apaixonadas e ferrenhas entre aqueles criadores europeus que concordam e aqueles que discordam dessa regra limitante de coloração. Indubitavelmente na média os cães americanos têm melhores estruturas e movimentações do que os cães europeus e isso se explica pela maior liberdade dada aos americanos pelo padrão AKC que não impõe limites de cores.
 
O grande desafio dos criadores filiados à FCI é criarem cães sólidos e ao mesmo tempo com boas estruturas e essa é a razão de nós, do Canil Salatino, trabalharmos com linhas de sangue importadas tanto da Europa quanto dos Estados Unidos.

Conheça os Italians Greyhounds do Salatino.